Home > Empreendedorismo > Água de Coco

Eu estava na praia e resolvi pedir uma água de coco. Chamei o garçom, pedi o cardápio, vi o preço e ao fazer o meu pedido, ele disse, “Nós não trabalhamos com água de coco, mas você pode pedir para aquele rapaz. ”

Na hora fiquei confusa, pois no cardápio constava água de coco, inclusive tinha o preço! Na sequência fiquei admirada com o nível da parceria, pois normalmente somente indicamos nossos parceiros e muitas vezes sem compromisso, mas aqui foi diferente.

No mundo dos negócios aprendemos desde cedo sobre a importância do networking (rede de relacionamentos) e das parcerias comerciais.

Algumas vezes, é verdade, não acertamos na escolha dos nossos parceiros e quando isso acontece, as consequências são desastrosas.

Uma vez visitando uma feira em São Paulo, conheci um fornecedor que poderia atender a necessidade de um cliente. Convidei o diretor da empresa para uma reunião a fim de que eu pudesse apresentar minhas necessidades, minhas propostas, conhecer com mais detalhes sua empresa, seus produtos, preços e demais condições comerciais.

Algum tempo depois, firmamos uma parceria e em reunião com o meu cliente, apresentei meu novo parceiro.

Dias depois, meu cliente fechou a compra de um determinado produto com este parceiro o que me deixou muito feliz! Mas depois de algum tempo, meu cliente me ligou informando que este parceiro que eu havia indicado estava oferecendo uma solução para substituir meu principal produto que vendo para eles.

Na hora, respirei fundo, agradeci meu cliente pela transparência e verdadeira parceria e na sequencia liguei para o meu parceiro. Nem preciso dizer qual foi o final da história! É lógico que desfiz a parceria… eu literalmente estava “dormindo com o inimigo”.

A parceria comercial é uma importante estratégia para aumentar seu portfolio sem fazer grandes investimentos, mas antes de firmá-la seja muito criterioso!

Abaixo segue algumas dicas antes de firmar as parcerias:

  • Estabeleça políticas comerciais (ex: comissionamento, atendimento, etc).
  • Conheça bem o portfólio de produtos e serviços para que não haja conflitos de interesses.
  • E procure saber as estratégias futuras, pois o que não é um conflito de interesse hoje, pode ser amanhã.

Depois destas dicas, sugiro que você reveja sua rede de parceiros de negócios, analise as demandas recebidas pelos seus clientes e verifique se os atuais conseguem suprir estas necessidades ou se você terá de firmar novas parcerias.

Até a próxima!

You may also like
Precisa de Investimento?
Precisa de Investimento?
O shampoo foi pelo ralo

Leave a Reply

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.