Home > Empreendedorismo > Inovação, moda ou necessidade?

Inovação, moda ou necessidade?

Não há dúvida de que “inovação” tem sido uma palavra muito utilizada neste momento! Como as previsões para futuro são de transformações cada vez mais aceleradas e sem interrupções em todas as áreas na sociedade, provavelmente não sairá da moda.

Ser inovador no século XXI está longe de ser apenas um status profissional ou um modismo, mas é uma condição primordial no contexto onde as mudanças transformam antigos protótipos, metodologias e conceitos. Pode-se dizer que inovar não é uma mera opção ou capricho, mas uma questão de sobrevivência e o divisor de águas entre os profissionais que permanecerão vivos e eficazes no mercado de trabalho, e aqueles que se tornarão ultrapassados.

“Para ser inovador é preciso ter flexibilidade, mente aberta para novas opções e possibilidades, ser curioso, muito perseverante e correr riscos.”

Pensar fora da caixa é condição “sine qua non” para a inovação, pois implica olhar além das fronteiras, tentar outros caminhos, repensar os métodos e abrir mão de conceitos experimentados e aprovados anteriormente.

Como é difícil e atemorizador, para alguns profissionais, reestruturar aquilo que foi feito com tanta segurança e certeza durante tantos anos de prática. Pode-se compreender a insegurança de modificar métodos repetidos rotineiramente por 10 ou 20 anos, o olhar de desconfiança para as novas alternativas e, inclusive, para a invasão tecnológica nas organizações.

Inovar, porém, não significa desprezar, destruir ou anular com altivez todo o caminho percorrido até aqui, mas com sobriedade, humildade e sabedoria, saber filtrar, garimpar, rever, romper, criar e até mesmo renovar as práticas. Descartar o que é inadequado para o presente dando lugar ao “novo”, mas ajustar o que precisa apenas de adaptações.

Para ser inovador é preciso ter flexibilidade, mente aberta para novas opções e possibilidades, ser curioso, muito perseverante e correr riscos. Quem possui espírito empreendedor é assim. É preciso determinação, ao falhar na aplicação da primeira inovação, para tentar outra vez e buscar outros caminhos!

 

You may also like
As 10 mais inovadoras empresas
Uma mãe criativa e tanto!
7 Atitudes para Vencer em 2017

Leave a Reply

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.