Home > Marketing > A primeira peneira de uma boa ideia

A primeira peneira de uma boa ideia

Tive uma ideia! Geralmente quando fazemos esta afirmação, carregamos no “pacote” uma certa euforia, expectativa, esperança, ansiedade… ufa! Algo único que brota em nosso ser.

E logo vem a pergunta, será que esta ideia é boa mesmo?

As ideias, assim como acontece com aqueles que querem ingressar no futebol, passam por “peneiras” e este processo é muito importante para não somente minimizarmos os erros ou potencializarmos nossos acertos, mas também de saber se estamos investindo nosso tempo e dinheiro no lugar certo.

A primeira peneira de uma boa ideia eu a chamo de CUSTOMER INSIGHT!

“Customer insight, a primeira peneira de uma boa ideia.”

No artigo “Além das tendências”, abordamos um pouco sobre este tema e caso você não tenha lido, sugiro que leia para que tenha o total entendimento.

Citei que customer insight é uma profunda descoberta a respeito das motivações do consumidor. (A. Puglia) E no final fiz uma pergunta: “E como obte-lo de forma que influencie e positivamente os meus negócios?”

Seja na validação da sua ideia, na obtenção de uma nova ideia ou mesmo na melhoria dos seus serviços, você primeiramente precisa estabelecer certos parâmetros, entre eles:

  • Defina quem é o público alvo da sua ideia/projeto. Exemplo: proprietários de supermercado, mecânicos, cabeleireiros, arquitetos, engenheiros, crianças, jovens, adultos, homens, mulheres, classe socioeconômica, etc.
  • Pesquise as principais responsabilidades do seu público alvo. Pois pode acontecer de você achar que necessita conversar com um gerente de marketing, por exemplo, mas na verdade é com um analista e vice-versa.
  • Identifique quem influencia o seu público alvo. Exemplo: trabalho num projeto voltado para embalagens cujo público alvo são profissionais de marketing e engenheiros de embalagens e suas decisões são influenciadas por supermercadistas. Logo, preciso ir além do meu público-alvo.

Depois de estabelecido estes parâmetros e antes de ir para campo, precisaremos fazer algumas tarefas, entre elas:

  • Faça um roteiro de perguntas. Dica: Seja o mais objetivo possível e se possível faça as perguntas acompanhado de mais de uma pessoa, pois enquanto um pergunta, o outro anota e observa a linguagem corporal. Se precisar falar da sua ideia, fale de maneira indireta, sem dar muitos detalhes, pois infelizmente outros podem copiá-la e ainda sair na frente.
  • Revalide o seu questionário. É normal esquecermos de alguma pergunta ou mesmo ter de mudar a forma de fazê-la, por isso antes de entrevistar seu público-alvo, faça uma simulação com alguma pessoa de confiança.

Agora sim você está pronto para coletar o customer insight, ou seja, coletar as principais necessidades, as motivações do seu consumidor e assim validar sua ideia.

Talvez você se pergunte, “e quantas pesquisas preciso fazer”? Para questionários qualitativos, utilizo como “crivo” até atingir o momento em que as respostas se repetem, ou seja, já não estão mais trazendo informações novas.

Após as entrevistas, tabule todas as respostas, as observações e reúna seu time para discutir e também para fazer um plano de ação para colocar sua ideia em prática.

E aí, a sua ideia passou pela primeira peneira?

Até a próxima!

You may also like
7 dicas para melhorar seu plano de marketing

Leave a Reply

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.